Reservar Produto
Receba uma notificação por email quando este produto estiver disponivel
Saúde
12/02/2020
Sol e Vitamina D
Quais os cuidados a ter com o sol?
O sol é a principal fonte de vitamina D e como tal devemos aproveitá-la ao máximo. Sabe os cuidados a ter?

O sol é uma das maiores fontes de vitamina D e por isso devemos estar expostos ao sol durante 15 minutos por dia. No entanto, é necessário ter algumas precauções, especialmente quando o tempo de exposição é maior:

  • Evite a exposição ao sol nas horas de maior calor, entre as 11h e 16h, altura em que a radiação ultravioleta (UV) é mais forte;
  • Não se esqueça que a luz solar é refletida na areia (5%) e na água (20%), aumentando assim a exposição aos raios UV;
  • Use sempre um bom protetor solar. Coloque 30 minutos antes da exposição, 30 minutos após  e renove a cada 2h ou sempre que se molhar. O uso de protetor ajuda a diminuir a quantidade de radiação UV que penetra na pele. Devem proteger contra raios UV A e B, com índice de proteção de pelo menos 30;
  • Pode optar por protetores minerais que utilizam apenas filtros físicos, podendo ser utilizados com segurança por pessoas com pele muito sensível, crianças e bebés até aos 2 anos de idade;
  • Bebés com menos de 6 meses não devem ser expostas à luz solar direta;
  • Coloque um creme hidratante ou um after-sun após a exposição ao sol para a pele não ficar muito seca  ou danificada e estar sempre nas melhores condições;
  • Manter-se hidratado é fundamental especialmente no verão quando está mais calor e se perde mais água. Para ter uma boa percentagem de água é aconselhado que beba 2L de água por dia. Deve também ingerir alimentos muito ricos em água como por exemplo melancia ou melão;
  • As refeições leves são preferíveis nas alturas de maior calor, como por exemplo sandes, saladas, sopa, fruta e gelados de fruta;
  • Após a refeição deve evitar fazer exercício físico, entrar no mar, piscina ou rio uma vez que o organismo dá prioridade ao processo digestivo. Se for necessário gastar energia, quer seja na oxigenação dos músculos ou na regulação da temperatura corporal pode haver uma paragem da digestão;
  • Use óculos de sol para proteger os olhos da radiação, de preferência desde a infância;
  • As crianças perdem-se com facilidade, tenha especial cuidado em sítios com muitas pessoas como a praia ou piscinas. Coloque uma pulseira na criança com o nome e dois números de contactos. Pode também informar-se com a PSP para adequirir à pulseira do Programa Estou Aqui;
  • Use roupas adequadas para a exposição solar. Quanto mais denso o tecido, maior a proteção. Pode optar ainda por roupa com proteção contra os raios UV, estando indicado na etiqueta o fator de proteção. Em crianças é aconselhado usar este tipo de roupa sempre que esteja exposta ao sol;
  • As abelhas e os mosquitos estão mais ativos no verão, sendo importante ter um repelente e em caso de picada, deve ter um anti-histamínico oral e um creme para as picadas de insetos;
  • Use chapéu para proteger o rosto e o couro cabeludo das radiações UV;
  • Proteja o seu cabelo das agressões do cloro da piscina ou da água salgada do mar. O seu cabelo fica mais frágil e suscetível às pontas duplas. Use protetores solares para o cabelo e mantenha-o bem hidratado;
  • Se tiver sinais na pele evite a sua exposição direta ao sol. Esteja alerta para qualquer alteração e em caso de dúvida fale com o seu médico.

 

 

Artigo realizado pela Dra Mafalda Lopes.