Reservar Produto
Receba uma notificação por email quando este produto estiver disponivel
Cabelo
25/09/2019
Piolhos
Será possível mantê-los afastados?
Os piolhos podem aparecer especialmente no início das aulas. Saiba o que pode fazer para manter os piolhos afastados!

Uma infestação de piolhos ocorre, em média, em 15 a 18% das famílias. O número de pessoas expostas aos piolhos é 10 vezes superior que o número de pessoas infestadas.1

 

A infestação por piolhos é sempre uma complicação e uma situação bastante aborrecida para quem os tem e para quem tem de tratar da situação. Portanto, neste caso, é mesmo melhor prevenir que remediar!

 

Como tal, ficam alguns conselhos para diminuir a probabilidade de uma infestação de piolhos:

Verificar a presença de piolhos (na nuca e atrás das orelhas) e lêndeas (junto à raiz do cabelo) regularmente, ou todos os dias, caso tenha sido notificado sobre um surto de piolhos;
Evitar o contacto direto entre cabeças (principalmente nas crianças nas escolas e infantários);
Não partilhar nenhum tipo de objeto de aplicação e/ou uso na cabeça e/ou cabelo (ex.: escovas, pentes, bonés, chapéus, gorros, fitas, bandoletes, elásticos, ganchos, etc.);
Não partilhar almofadas nem toalhas;
Utilizar um champô preventivo que substitui a aplicação de um champô normal (ex.: Paranix, Tiox);
Aplicar um spray repelente diariamente.

 

Apesar de todos os cuidados preventivos, se encontrar um único piolho vivo deve iniciar o tratamento. O tratamento pode ser efetuado com uma variedade de produtos, desde champôs, loções, sprays, cremes, gel, etc.)

 

O tratamento deve ser realizado de acordo com as instruções de cada produto, respeitando os tempos de atuação e a necessidade de repetição do tratamento. Aqui encontra os nossos produtos para o melhor tratamento contra piolhos.

 

Deve alertar na escola, se encontrar piolhos no seu filho, de forma a evitar a propagação a mais crianças.

Para descobrir mais sobre os piolhos pode visitar a página oficial do Paranix.

 

Artigo realizado pela farmacêutica Dra Mafalda Lopes.

 

1. Estudo U&A, Reino Unido, Alemanha e França 2008, N=800